Resenha: Hotel Califórnia

Título: Hotel Califórnia
Autora: A. C Nunes
Editora: Xeque - Matte
Páginas: 228
Ano: 2017 




Livro recebido em parceria com a editora Xeque - Matte







Sinopse: Álvaro Klein e sua esposa reúnem alguns amigos para passarem o feriado prolongado de Corpus Christi em sua casa de veraneio, no interior do estado. Por causa de um problema mecânico no carro, eles se veem obrigados a pernoitar no Hotel Califórnia — uma imponente e luxuosa construção no alto da montanha, afastado de tudo e de todos. Enquanto seu meio-irmão, Philip, viaja até a cidade mais próxima em busca de ajuda, o restante do grupo aproveita as mordomias oferecidas pelo estabelecimento. Mas, quando um deles morre brutal e misteriosamente, o pânico toma conta do ambiente. A polícia é acionada, e todos são impedidos de deixarem o local para que possam prestar esclarecimentos sobre o crime. E é aí que a noite deles se torna a mais aterradora de suas vidas.
Em meio a eventos sobrenaturais, Álvaro e seus amigos presenciam morte atrás de morte. Enquanto tentam de todas as maneiras preservar suas vidas, surge a eterna dúvida se o grupo está lidando com um assassino cruel e psicopata ou alguma entidade sobrenatural enfurecida com suas presenças.

- Por favor, me ajude. - O homem balbuciou, arquejando e, sem esperar, despencou no meio do asfalto, os joelhos estalando contra o concreto no chão...
Nesta história vamos conhecer Alvaro e seus amigos que, aproveitando o feriado de Corpus Christi decidem viajar para uma casa de veraneio que sua esposa tanto queria. Nesta viagem vão o Álvaro e sua esposa Agatha, seu meio irmão Phillip e sua paquera Katerina, alem de Kelly, Maurício, Eloísa e Frederico. Como não caberiam todos no carro Phillip e Katerina vão de moto acompanhando seu irmão.

Ela já podia se imaginar balançando agradavelmente em uma rede presa aos coqueiros, curtindo o sol bronzeando a pele delicada e bonita, o silêncio do lugar, a paz e nada de preocupações.

No entanto, o carro de Àlvaro estraga no caminho e como já estava tarde e por conta do feriado eles estavam sem opção sobre como seguir ou mesmo como sair da estrada que a cada momento parecia mais perigosa. Pensando em procurar ajuda, Phillip decide deixá-los na estrada enquanto de moto tentaria encontrar alguém que pudesse ajudá-los. Neste meio tempo um carro com uma senhora para próximo aos amigos oferecendo ajuda e informa que trabalha em um hotel que por sorte fica na redondeza, sem outra opção os amigos decidem deixar que Mônica reboque o carro até o dito Hotel Califórnia.

- Olá - disse a simpática mulher de forma calorosa.- Vi a sinalização ali atrás. Estão com problemas? Precisam de ajuda?Por um momento, o grupo acreditou que todos os seus problemas estavam resolvidos.Mal sabiam, mas os problemas nem haviam começado.

Chegando lá os amigos ficam maravilhados com o Hotel que é um luxo, Mônica comovida com a situação dos amigos oferece um quarto para eles e todos os serviços do Hotel sem custo já que não seria uma pernoite, sendo assim o grupo começa aproveitar as mordomias oferecidas pelo hotel.

... A estadia de vocês não será uma diária completa, por isso, não seria justo cobrar de vocês. Além do mais, eu me comuniquei com meu superior e expliquei a situação. Ele concordou em acomodá-los em nossas suítes.

Mas o que parecia ser uma noite tranquila regada ao luxo, torna - se a pior noite de toda as suas vidas, já que um deles é assassinado brutalmente, fazendo com que o pânico tome conta do local. A polícia é acionada mas os hospedes são impedidos de sair do local, pois precisam prestar esclarecimentos sobre o crime, toda via o assassino está a solta e o pior entre eles e causando eventos que os levam a duvidar se estão lidando com um psicopata ou uma entidade enfurecida com suas presenças.

O pânico se espalhou como um pandemônio. Os gritos das mulheres presentes atenuou a atmosfera aterrorizante que instantaneamente se instalou com a visão de * brutalmente assassinada...


Eu quis este livro desde que o vi pela primeira vez, sem nem ter lido a sinopse, apenas pela capa e pelo título que imaginei que advinha de uma música do Eagles (e acertei), depois que li a sinopse então enlouqueci e precisava tê-lo em mãos. E graças a Deus fomos selecionados para sermos parceiros da Xeque- Matte novamente e advinha qual livro estava na lista para solicitar? Claro que pedi ele né, que chegou rápido e eu devorei mais rápido ainda.
Sendo honesta, escrever uma história de terror que convença o público que ama esse gênero (me) é bem difícil, mas estou vendo uma gama de autores que estão conseguindo maravilhosamente e este aqui claro é um deles. 
Apesar de o enredo ser simples a história é tão bem montada e contada que você se sente dentro do Hotel, se sente um dos amigos e sente que assim como eles, precisa salvar a sua vida.

A atmosfera macabra criada pela autora foi muito bem construída, eu mesma consegui visualizar o hotel completamente, as cenas de morte e de perigo foram excepcionais trazendo tensão, medo, repulsa e curiosidade.

Confesso que estou preocupada e ansiosa pela continuação. Preocupada porque se o livro terminasse neste primeiro volume estaria ótimo, e o fato de eu não imaginar como essa história vai continuar cria uma expectativa que pode ou não ser quebrada. E ansiosa pelo que a autora está planejando e torcendo para que o desenrolar do enredo seja tão bom quanto foi o primeiro volume.

Os pontos positivos destacam- se na obra que te instiga e que te faz querer ler rápido para saber logo o que vai acontecer e devagar para curtir mais a atmosfera sombria, além de a capa ser super chamativa assim como a quarta capa a diagramação é espetacular, cada começo de capítulo tem a foto do hotel. As letras são confortáveis e as folhas são amareladas.
O ponto negativo fica com a revisão, contém alguns erros porém são notáveis.


Termino a resenha indicando a obra para todos os amantes do gênero e de uma boa história, e torço para que a editora traga cada vez mais livros de terror, este já é o terceiro que leio da editora e adoro.

Até a próxima resenha
Beijuh da Rêh

Nota 5



22 comentários:

  1. Estou mega curiosa para ler esse livros.. E lendo sua resenha, fiquei ainda mais curiosa.

    Espero que possa adicionar na minha meta de leitura breve.
    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  2. Gosto do gênero tanto quanto você e só na resenha eu já estava apreensiva, tipo que prevendo que em algum momento ia dar m#rd@ só pelo ar macabro que mencionou que a autora criou. Espero que tenha a oportunidade de ler a continuação e que o livro seja ainda melhor do que este, eu quero ler.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Rêh, tudo bem? Na hora que li o título já pensei na música tb, aliás, agora estou com ela na cabeça rsrsrs Livros de terror não fazem meu estilo rs, sou bem medrosa, mas a trama apesar de simples, parece ser boa, espero que a continuação tb!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?

    O livro me fez recordar a premissa de um filme que assisti a muito tempo. Parece ser bem legal, mas confesso que o fato de você dizer que o livro poderia terminar nesse volume, mas que tem continuação e que você não imagina como pode ser, me deixa receosa... Bem, quem sabe role uma leitura futuramente, apesar de não ser muito o meu estilo de leitura, quem sabe...

    Beijo!

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Adoro o gênero, e só pela capa, como você, logo de cara já fiquei interessada. Mas não tinha me ligado no título e com a relação com a música, que inclusive eu adoro.
    A premissa parece ser bem simples e até um pouco clichê, mas se bem construída, pode trazer várias surpresas. É uma pena que você tenha achado erros na edição, mas quando lidamos com livros nacionais, principalmente de editoras menores, a chance de encontrarmos é grande.
    Já anotei a dica.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu li e curti bastante esse livro =D

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Também estou bastante curioso para ler essa obra já que gosto de livros de terror
    Abraço

    ResponderExcluir
  8. A capa do livor também me fez deseja-lo, mas acho que eu sofreria muito com o enredo. Não sou de ler livros de terror, mas seus elogios me deixaram bem curiosa.
    beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi Reh,

    Eu adoro o título desse livro, rs. Enfim, eu achei a proposta um pouco clichê, já vi muito em outras obras, mas acho que a escrita do autor deve ser boa a ponto de você ficar preocupada, mas ansiosa pela continuação. Haha. Terror não é muito o meu gênero, mas quem sabe eu não dê uma chance né?

    beijos! =)

    ResponderExcluir
  10. Olá! Também fiquei maluca quando vi este livro, justamente por fazer a relação com a música do Eagles! Que bom saber que você gostou da leitura, embora tenha essa dúvida da continuação. Lendo a resenha eu me senti vendo um daqueles filmes de terror onde o grupo sai pra passear e encontra um horror inimaginável. Adorei e espero ler em breve!


    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Apesar de ter um começo meio clichê, gostei bastante de como a trama se desenvolveu.
    Pelo visto o autor soube encaixar o terror e dar o tom com os personagens e ainda fazer referências com uma música tão conhecida.
    Gostei da dica.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  12. Oie!

    Não sou de ler obras desse gênero, mas não nego que senti certo interesse pela leitura, até porque a sua resenha me deixou bastante curiosa, espero em algum momento ter a chance de conhecer de perto essa história!

    Bjss

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Quando fui ler sua resenha, já quis o livro só pelo título, como você. Diga-se de passagem, eu amo essa música do Eagles. E depois de ler a resenha, eu já estou sentindo a necessidade de fazer essa leitura, tipo agora! Eu amo suspense e esse parece ter sido muito bem construído e ter uma história bem chocante!!! Dica anotada!
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  14. Olá,

    Desconhecia totalmente essa obra, mas agora quero pra ontem, achei a premissa extremamente instigante e fiquei curiosa para desvendar o mistério, além disso o livro tem uma premissa muito inovadora. Espero ter a oportunidade de conhecer e gostar desse livro.

    beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá!!

    Realmente essa capa chama qualquer leitor! Mas tenho que confessar que sou tão medrosa, que tenho a certeza que não realizaria a leitura da obra haha. Fiquei um pouco receosa sobre o que disse sobre a continuação. Espero que o autor nos surpreenda de forma positiva.


    beijos
    Mayara

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bom?
    Olha, eu não sou muito de livros de terror não, geralmente não chamam minha atenção, mas esse já me fisgou pela sinopse e por sua resenha! Já quero descobrir quem foi o assassino, as motivações, a relação disso com o hotel, enfim! Quero ler para ontem! rs Saber que agradou tanto alguém que gosta do gênero só me deixou mais curiosa ♥
    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo bem ?
    Sou louca para ler algo de terror e estou trabalhando duro para poder entrar de cabeça nesse gênero que muitos adoram. Fiquei instigada com a premissa realmente é algo que eu tenho vontade de ler, mas também tenho o receio já que sou medrosa de carteirinha. Mas fiquei instigada sobre o assassinato, será que foi alguém que estava com eles? Alguém que os observava? Fiquei realmente com a famosa pulga atrás da orelha. Parabéns pela resenha. Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem?

    Eu adoro livros de suspense e terror, mas confesso que não lembro ou conhecia o livro "Hotel California" em questão, logo o nome do livro me lembrou a música do "The Eagles" e gostei dessa relação!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  19. Oi, Renata

    Que pena que a edição tem erros notáveis. Mas a gente releva, né? hahahaha
    Não conhecia o livro, mas sendo eu uma entusiasta do gênero claro que ele chamou minha atenção.
    Fiquei curiosa para saber quem - ou o que - foi responsável pela morte e por incitar tanto medo nos personagens.
    Sem dúvida eu gostaria de conferir.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  20. Oii, tudo bem?
    Eu realmente não sou muito fã de livros de terror, sou bem medrosa e tenho certeza de que teria pesadelos rsrs. Eu não fui fisgada pelo gênero do livro, mas a sinopse é chamativa, de qualquer formar eu vou indicar a alguns amigos que apreciam o gênero.

    ResponderExcluir
  21. Oie!
    Esse título me lembrou muito da música, conhece?
    Adorei a premissa, e a capa já deixa a gente curioso sobre o destino dos personagens!
    Amei sua resenha ♥

    ResponderExcluir
  22. Oi Renata xará minha! Tudo bem?
    Adorei a proposta desse livro e mais ainda de saber que o título é inspirado em uma das minhas músicas favoritas desde sempre! Terror é o meu gênero favorito e com certeza os autores brasileiros tem dado um show escrevendo livros dessa temática!
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://www.galaxiadeideias.com/
    http://osvampirosportenhos.blogspot.com

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário, ele é muito importante para nós!

 
CuraLeitura . 2017 | Layout feito por Adália Sá e modificado por Thaiane Barbosa