Resenha: O medo mais profundo

Título: O Medo Mais Profundo
Autor: Harlan Coben
Editora: Arqueiro
Páginas: 272
Ano: 2016


Do que você seria capaz para salvar seu filho?



O Medo Mais Profundo é o 7º volume da série Myron Bolitar, mas podem ser lidos separadamente, que foi o caso aqui.




Nesse romance policial nós acompanhamos a vida de Myron Bolitar, um empresário esportivo que tinha tudo pra ser um  jogador de basquete de sucesso, mas teve sua carreira interrompida quando se machucou gravemente durante um jogo.
Culpa disso é de Greg Dowing, antigo adversário e por quem sua ex namorada Emily o trocou.

Anos depois Emily o procura para dar duas notícias que mudaria completamente sua vida: 1. Greg não era o pai biológico de Jeremy, mas sim Myron; 2. O menino de 13 anos estava doente e precisava de um doador de medula óssea.

"– Mais uma vez, vou falar com toda clareza: não importa o que o exame diga, pois você continuará não sendo o pai de Jeremy Downing, Greg é o pai dele. Você pode ser o doador do esperma. Pode ser um acidente da luxúria e da biologia. Pode ter fornecido uma simples estrutura celular microscópica que se combinou com outra, ligeiramente mais complexa. Mas não é o pai desse garoto" P. 39

Myron então inicia a missão de encontrar o doador, ao mesmo tempo em que se envolve com pessoas perigosas no caminho.

Um jornalista que teve sua carreira destruída por ser acusado de plágio e assassinato, um homem que aparentemente está roubando identidades para se esconder e uma família que fará de tudo para abafar qualquer rumor que envolva seu nome. O que tudo isso tem a ver com Jeremy é o que Myron Bolitar irá tentar descobrir, e aos poucos descobrirá  o que é capaz de fazer para salvar seu filho.

"– Vomitando toda essa sensibilidade falsa. Apenas tentam desviar a atenção dos outros em relação à realidade. Dizem que se deve encará-la. Mas na verdade é o contrário. Querem que as pessoas mergulhem tanto nelas mesmas para que não vejam como suas vidas são terríveis. [...]" P. 181



Havia pegado esse livro pra ler em abril e retomei a leitura agora em setembro, e ainda bem que dei mais uma chance. No começo a história não havia me prendido, não tinha nada que me fizesse querer parar tudo que eu estava fazendo para ler, mas depois tomei uma simpatia pelo Myron, até vejo um pouco da personalidade do Iron Man no humor dele.
Depois que engatei na leitura, fiquei surpresa como o Harlan consegue surpreender o leitor a todo momento quando as coisas começam a acontecer de fato, isso até fez com que eu lesse mais rápido, além da escrita do autor ser bem gostosa nas partes mais agitadas.

A diagramação ficou bem simples e perfeita para a leitura, a tradução também está ok, só pecou um pouco na revisão com alguns errinhos, mas acredito que isso já tenha se resolvido nas tiragens seguintes. 

Tenho certeza que se tiver a oportunidade, vou parar pra ler alguma outra história do Myron Bolitar. Minha primeira experiência com Harlan Coben foi super positiva, mas agora quero saber de vocês, já leram algo do autor? O que acharam? Me contem aqui embaixo. Beijo, amores!

NOTA: 4

9 comentários:

  1. Eu sou fã de gênero policial, desde que comecei a ler os livros de Sherlock Holmes, por isso adoro Harlan Coben. Por isso tudo, só posso aplaudi sua resenha, você transmitiu bem toda a emoção e perigo que envolvem a vida de Myron Bolitar. A leitura é fantástica, a resenha ficou ótima.

    Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Harlan tem realmente uma escrita encantadora. Obrigada, Alessandro.

      Excluir
  2. Olá!

    Amo policial, Harlan não é dos meus favoritos, mas esse livro me arrebatou! Uma das poucas obras dele que me prendeu do começo ao fim, uma história incrível!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também me envolvi bastante haha bjs

      Excluir
  3. Amo Harlan Coben, recomendo Uma Questão de Segundos <3
    https://toquedenerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Simone, com certeza vai pra minha lista, Obrigada

      Excluir
  4. Oi, tudo bem?
    Acho que sou a única pessoa da blogosfera que ainda não seu Harlan Coben. Estou com o último lançamento dele e vou dar uma chance, quem sabe não me apaixono tbm?
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nina, de uma chance sim, adorei a escrita dele. bjs

      Excluir
  5. Boa noite
    Sou fã do gênero policial e mais fã ainda de Myron e Win, me acabo de rir com esses dois, ainda não li esse q resenhou mas com certeza lerei, Harlan Coben é sempre uma boa leitura! Dica anotadíssima!!

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário, ele é muito importante para nós!

 
CuraLeitura . 2017 | Layout feito por Adália Sá e modificado por Thaiane Barbosa