Resenha: A Escolhida

Título: A Escolhida #1
Autor: Amanda Ághata Costa
Editora: Independente
Ano: 2015
Páginas: 360












"É tão encantador o modo com que as nuvens se escondem em algumas ocasiões. Elas ficam lá, tímidas, tentando manter-se afastadas de todo o restante. Dissipam-se e se mesclam nos céus azuis, quase imperceptíveis. Nem sempre conseguem, mas tentam. Eu gosto de nuvens e gosto de como elas me sorriem em silêncio, compartilhando da mesma tentativa falha de manterem-se invisíveis. Eu também tento, porém não consigo."




Ari é uma banida que sempre foi autossuficiente. Viveu grande parte da sua vida sozinha, perambulando pelas ruas misteriosas de Lostcity. Por ter sido fruto de um romance proibido, foi abandonada por seus pais na infância e acabou por se tornar uma garota fria de aparência meiga; e ela não poupa sua meiguice para fazer aquilo que mais a satisfaz: matar. 

"Posso não gostar de companhias, mas elas precisam gostar de mim para que eu consiga destruí-las depois."

Em um dia aparentemente normal, a garota é abordada por dois homens estranhos e é levada contra sua vontade para o Círculo dos feiticeiros, onde o mestre Egran a espera. Por sua habilidade e sede de sangue, Ari foi a escolhida para seguir as ordens do líder malvado e se vê obrigada a ficar no Círculo – onde não é desejada pelos demais – com a promessa de receber informações sobre seu passado.

"[...] Suas táticas são semelhantes às minhas. Um monstro enxerga o outro de longe."

Os primeiros dias naquele lugar não são nada fáceis, pois a menina quase foi atacada por um vampiro e, pra completar, Vincy não facilita as coisas para ela. O que acaba se tornando um conforto é o feiticeiro Luke, que se mostra um amigo confiável... ou mais do que isso.

"Enxergo tanta poesia em tudo o que Luke diz, como se cada frase fosse devidamente orquestrada e estruturada antes de ser exposta. A delicadeza em sua fala é encantadora."

Com altos e baixos, a vida de Ari no Círculo se torna uma loucura, mas ela consegue conquistar Vincy mesmo com toda a teimosia de ambas. De vez em quando é chamada para realizar trabalhos para o mestre e se torna cada vez mais próxima de Luke. Ela não acreditava em sentimentos até então.



"[...] enquanto olham pra mim com carinho, percebo que a solidão nunca foi a melhor alternativa. Apenas era o que eu precisava aceitar. No que eu queria acreditar."

"Justo eu, que sempre abominei toda espécie de afeição. Justo eu, que me julgava tão vazia de tudo."

Aos poucos Ari percebe que não é só Egran que a deseja por perto e o perigo se aproxima cada vez mais. Ela precisa descobrir o porquê de todo interesse nela, quem ela é e qual é o seu passado, além de lutar contra dois desejos: de ser uma garota má com sede de sangue e poder e o amor proibido que ela tanto criticou.


"– Não se molda o destino, menina. É impossível mudar o curso de dois rios quando ambos são feitos para desaguar em um só lugar."

**
A beleza do livro já começa por esta capa maravilhosa e que aposto que chamaria a atenção de qualquer um em uma livraria. A pena no começo dos capítulos (como na foto abaixo) dá um charme ao livro e nos agradecimentos temos a Amanda sendo fofa (como sempre) e agradecendo aos blogs parceiros, o que achei muito legal ela ter lembrado, já que faço parte disso.


"Esquecer era como uma piada sem graça. Todos começavam a rir para agradar, mas por dentro, ninguém realmente achava engraçado."

Em alguns momentos a Ari se parecia muito comigo e em outros ela me irritava profundamente (eu sou teimosa também kkk). A Escolhida em nenhum momento se torna arrastado ou tedioso, mas fiquei esperando por algum momento bombástico, o que não aconteceu (a autora me explicou que o próximo livro publicado será um "spin-off" da trilogia. Nós conheceremos a visão do Luke e teremos respostas sobre o seu passado). 
O primeiro livro da série termina com perguntas que te motivam a querer ler os próximos e saber como vai acabar essa história cheia de mistérios e personagens legais. Já estou ansiosa e com saudade. <3


Ah, olhem que lindo os marcadores que a autora me enviou. Quem quer? To querendo sortear. *-*
NOTA: 4

4 comentários:

  1. Olá! Te indiquei pra responder à TAG Complete a Frase!
    Não deixa de responder e me enviar o link pra eu ver, tá? :D

    Beijos!
    http://entre-termos.blogspot.com.br/2015/06/tag-complete-frase.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por nos indicar, Diogo. Beeeijo :*

      Excluir
  2. Tatty, li a obra e gostei também! Tinha estranhado um detalhe na primeira edição, mas notei que na segunda, vendida pelo site da editora Arwen, ele foi modificado e explicado de forma que ficou bem mais lógico.

    Assumo que a personagem me irritou um pouco do meio para o final, mas ainda assim terminei o livro querendo saber a continuação.

    http://conchegodasletras.blogspot.com.br/2015/05/resenha-escolhida.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já estou ansiosa para reler essa história que tanto amo, e esses personagens lindos. Vou ler sua resenha, Mari.
      Beijão!

      Excluir

Deixe aqui seu comentário, ele é muito importante para nós!

 
CuraLeitura . 2017 | Layout feito por Adália Sá e modificado por Thaiane Barbosa